Zelenskyy faz discurso no Globo de Ouro e promete parar uma terceira guerra mundial: ‘Isso não é uma trilogia’

Presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy apareceu em uma mensagem de vídeo na terça-feira na 80ª cerimônia de premiação do Globo de Ouro e prometeu que a Ucrânia não apenas vencerá a guerra contra a Rússia, mas impedirá que uma terceira guerra mundial aconteça.

Zelenskyy começou seus comentários relembrando a primeira cerimônia do Globo de Ouro em 1944, que homenageou o melhor que Hollywood tinha a oferecer em 1943, e disse: “A Segunda Guerra Mundial ainda não acabou, mas a maré mudou – todos sabiam quem iria vencer.”

“Ainda havia batalhas e lágrimas pela frente”, continuou ele. “Agora é 2023, o guerra na ucrania ainda não acabou. Mas a maré está virando.”

Soldados ucranianos em uma trincheira na linha de frente de Vuhledar em Donetsk Oblast, Ucrânia, em 1º de janeiro de 2017.  5 de 2023.

Soldados ucranianos em uma trincheira na linha de frente de Vuhledar em Donetsk Oblast, Ucrânia, em 1º de janeiro de 2017. 5 de 2023.
(Foto de Diego Herrera Carcedo/Agência Anadolu via Getty Images)

RÚSSIA REINTITUI GENERAL DESPEDIDO AO PRINCIPAL POSTO ENQUANTO PUTIN AUMENTA A GUERRA NO LESTE DE DONETSK

Zelenskyy disse que o sucesso da Ucrânia foi possível com o apoio dos aliados ocidentais e a luta unida pela democracia, independência e “pelo direito de viver, de amar”.

“A Primeira Guerra Mundial ceifou milhões de vidas. A Segunda Guerra Mundial ceifou dezenas de milhões delas”, continuou ele em seu discurso gravado. “Não haverá Terceira Guerra Mundial. Não é uma trilogia.

“A Ucrânia vai parar a agressão russa em nossa terra”, concluiu.

Zelenskyy era apresentado ao melhor de Hollywood pelo ator e diretor Sean Penn, que viajou para a Ucrânia e se encontrou pessoalmente com Zelenskyy várias vezes desde que a guerra começou há quase 11 meses.

“Da coragem sobrenatural dos jovens iranianos se levantando”, disse Penn sob aplausos. “Ao sempre perseverante movimento de mulheres do Afeganistão. Somos lembradas, em termos inequívocos, de que a liberdade de sonhar não é simplesmente um luxo humano, mas sim uma necessidade humana pela qual deve ser lutada e sacrificada.”

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, discursa em uma reunião conjunta do Congresso no Capitólio, em Washington, em 21 de dezembro de 2022.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, discursa em uma reunião conjunta do Congresso no Capitólio, em Washington, em 21 de dezembro de 2022.
(AP/Carolyn Kaster)

EUA COMEÇAR A TREINAR UCRANIANOS NO SISTEMA PATRIOT EM SOLO DOS EUA NA PRÓXIMA SEMANA

“Se a liberdade de sonhar fosse uma lança, eu orgulhosamente apresento um ser humano que esta noite representa a ponta mais afiada dessa lança”, disse Penn antes de apresentar Zelenskyy.

penn fez manchetes em novembro, depois de presentear Zelenskyy com um de seus prêmios do Oscar e dizer ao presidente ucraniano: “Quando você vencer, traga-o de volta para Malibu”.

Aproximadamente um mês após o início da guerra, Penn ameaçou fundir um de seus Oscars se a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas não concedesse tempo de antena a Zelenskyy.

O ator e diretor de cinema de Hollywood Sean Penn se encontra com o presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy antes de entregar sua própria estátua do Oscar ao presidente ucraniano em Kyiv, Ucrânia, em 8 de novembro de 2022.

O ator e diretor de cinema de Hollywood Sean Penn se encontra com o presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy antes de entregar sua própria estátua do Oscar ao presidente ucraniano em Kyiv, Ucrânia, em 8 de novembro de 2022.
(Foto da Presidência Ucraniana / Folheto/Agência Anadolu via Getty Images)

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O APLICATIVO FOX NEWS

Zelenskyy nunca apareceu no Oscar e, em vez disso, um momento de silêncio foi feito em homenagem à Ucrânia.

Em entrevista à CNN, Penn chamou a decisão de não ter o presidente ucraniano aparecendo como “o momento mais obsceno de toda a história de Hollywood”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *