Barcelona enfrenta a remoção da Copa de la Reina por escalar jogador inelegível

O Barcelona, ​​nove vezes campeão, pode ser expulso da Copa de la Reina por escalar um time inelegível na vitória de 9 a 0 sobre o Osasuna na terça-feira.

O atacante brasileiro Geyse, que marcou um dos nove gols, foi expulso nas quartas de final da competição da última temporada enquanto jogava pelo ex-clube Madrid CFF.

– Transmissão no ESPN+: LaLiga, Bundesliga, mais (EUA)

O jogador de 24 anos deveria cumprir uma suspensão de um jogo na primeira partida da competição desta temporada, que para o atual campeão Barcelona foi contra o Osasuna nas oitavas de final na terça-feira.

O Osasuna apresentou uma reclamação oficial, apelando para que o jogo fosse concedido a eles como vitória fácil.

O técnico do Barça, Jonathan Giraldez, disse que a suspensão não apareceu no site da Real Federação Espanhola [RFEF]que supervisiona a Copa de la Reina.

O Sevilla também pode ser expulso pelo mesmo motivo depois de escalar Nagore Calderon na vitória por 1 a 0 de terça-feira sobre o Villarreal, garantindo sua vaga nas oitavas de final.

Calderon foi expulso contra o UD Granadilla Tenerife nas quartas de final da temporada passada. Ela entrou como reserva contra o Villarreal.

O Real Madrid foi afastado da edição masculina da competição, a Copa del Rey, em 2015-16 por jogar Denis Cheryshev contra o Cádiz, quando deveria cumprir suspensão devido a cartões amarelos acumulados com o Villarreal durante o empréstimo na campanha anterior.

O Madrid eliminou Cheryshev no intervalo depois de perceber seu erro e venceu o jogo por 3 a 1, mas foi posteriormente eliminado da copa, com o Cádiz sendo dispensado para a próxima rodada.

O Barça dominou o futebol feminino na Espanha nos últimos três anos. Conquistaram a Copa de la Reina em 2020, 2021 e 2022. A última derrota na copa foi na semifinal de 2019, por 2 a 0 contra o Atlético de Madrid.

Esse domínio foi espelhado na Liga F, que também venceu três vezes consecutivas. Eles estão em uma seqüência de 48 vitórias consecutivas no campeonato, desde 1º de junho de 2021, quando perderam para o Atlético. Essa foi a última derrota em qualquer jogo doméstico.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *